ABAETETUBA

O atual município de Abaetetuba, A palavra Abaetetuba, de origem Tupi, segundo a tradição
popular, se decompõe da seguinte maneira: aba (homem), ete (forte, verdadeiro), tuba (lugar de abundância). O significado, portanto, é: lugar de homens e mulheres fortes e valentes. 

Tem aproximadamente, 72 ilhas, cujos principais transportes são as rabetas, canoas e barcos. Situada na zona Guajarina, à margem direita da foz do rio Tocantins. 
Cais de Abaetetuba
Tradicionalmente, sabe-se a sua fundação deve-se a Francisco de Azevedo Monteiro, que em 1745, aportou acompanhado de sua família, abrigando-se no forte Abaeté. Abaetetuba recebeu título de Cidade em 1895.

VISTA DOS RIOS A MARGEM DE ABAETETUBA
 A origem do município de Abaetetuba também está relacionada com a história de Abaetetuba e Beja, que, a princípio, constituíam Vilas distintas e, posteriormente, foram incorporadas e passaram a pertencer ao mesmo município. Os frades capuchos de Santo Antônio, após fundarem o Convento do Una, em Belém, em 1617, passaram a percorrer as terras onde habitavam os índios remanescentes da tribo Mortiguar.Nesse território construíram uma aldeia com caráter de missão religiosa.
Abaetetuba é uma cidade  com uma cultura que torna seus habitantes apaixonados pela terra. O município reúne, de fato, algumas coisas dignas de serem visitadas e admiradas. Seu povo é alegre, bastante hospitaleiro.
Abaetetuba atualmente conta com aproximadamente 140.000 habitantes. Nos últimos 10 anos, passou por inúmeras transformações decorrentes da implantação de projetos, como a Alça Viária.
Segundo Jorge Machado (2008), esse projeto até o momento não proporcionou melhoria de vida às pessoas da região, ao contrário, aumentou o desemprego, visto que muitas pessoas se dirigiram para a região, atraídas pela possibilidade de melhorar de vida. Mas, acabaram por engrossar o contingente de pessoas sem alternativa, na pobreza, na miséria e exclusão social da região.
O progresso que muitos esperavam resumiu-se ao acesso à compra de mercadorias, eletrodomésticos e bens de consumo.
A economia, Segundo Bezerra (2009), está baseada, principalmente, nas atividades da pesca, do extrativismo, sobretudo do açaí, e na agricultura. São desembarcadas, diariamente, cerca de 10 toneladas de pescado; uma parte fica no município e a outra é distribuída para cidades vizinhas e Belém. 

Açaí antes de ser exportado
O açaí é outra produção importante. O mesmo local em que funciona a feira, pela manhã, no período da tarde, transforma-se num estacionamento de caminhões, que encostam diariamente para fazer o carregamento do açaí. A maior parte dessa produção não permanece no município; é enviada  para Belém e para outras cidades vizinhas. 
FEIRA DE ABAETETUBA
Vários rios estão inseridos na hidrografia do município. São eles o Tocantins, o Maratauíra, o Arapapu, o Acaraqui, o Piquiarana, o Tucumanduba, o Caripetuba, o Xingu, dentre outros.

ABAETETUBA DE FRENTE PARA O RIO MARATAUÍRA
Fontes:
MACHADO, J. O município de Abaetetuba. Abaetetuba, Edições Alquimia,2008.
http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/para/abaetetuba.pdf
http://www.unisinos.br/publicacoes_cientificas/images/stories/Publicacoes/ciencias_sociais_v45n2/art07_bezerra.pdf

11 comentários:

  1. AMEI A CIDADE DE ABAETETUBA

    ResponderExcluir
  2. É UMA TERRA MUITO ABENÇOADA POR DEUS

    ResponderExcluir
  3. Queria daber onde termina o rio Maratauíra?

    ResponderExcluir
  4. so oque ñ presta em abaetetuba ea cordanação politica

    ResponderExcluir
  5. Adorei, estou fazendo minha monografia e utilizarei seu blog como referência, encontramos pouca coisa do nosso município que pena que existem tão pouca obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clyssy, obrigada pela sua visita e pelo seu comentario.Concordo quanto a referencias...as pessoas se interessam pouco pela história do municipio, e tem muita coisa a ser estudada. abraço

      Excluir
  6. gostei vou tirar dez na minha pesquisa de abaetetuba

    ResponderExcluir
  7. Abaetetuba é uma cidade linda que encanta a todos que por aqui passam, tanto é que é um dos locais mais procurados em épocas de festividades... AmoOoO minha cidade e não troco!

    ResponderExcluir